23 de fev de 2011

A CAMINHADA

Um velho, um menino e um burro vinham caminhando por uma estrada.
Algumas pessoas passavam e comentavam:
- Ora, são mais burros que o próprio burro. Caminham a pé e o burro segue
descansado. O velho refletiu e resolveu: Sentou-se no dorso do burro e continuaram a
caminhada.
Outras pessoas passaram e comentaram:
- Olha que maldade. O velho folgado em cima do burro e o pobre menino
caminhando.
O velho achou melhor descer do burro e colocar o menino no seu lugar.
A caminhada seguia tranqüila até que alguns passantes comentaram:
- Olha o absurdo da situação. O menino, que é novo e forte vai no lombo do
animal e o velhinho, coitado, segue caminhando.
O velho então, já confuso, tirou o menino do lombo do animal e terminou a
caminhada carregando o burro nas costas.

Com esta fábula aprendemos que as nossas ações têm de ser fundadas para que sejam firmes e determinadas. Se não tivermos certeza dos nossos objetivos e determinação nas nossas propostas, com certeza deixaremos que todas as influências interfiram em nossa estrada, confundindo nossas idéias e deixando-nos completamente perdidos.
Acreditando no caminho que traçamos, percorreremos com tranqüilidade em direção ao rumo certo, sem nos deixarmos abalar pela opinião dos outros.



http://www.minuto.poetico.nom.br/msg308.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...