4 de mai de 2011

Castelos, vitrines e ilusões...

Você tinha um castelo lindo...

Nunca percebeu que ele aos poucos se transformava em ruínas

Morava nele como se fosse um sonho encantado

Mas quem sonha a vida inteira se esquece que um sonho sempre termina

Você havia conseguido tudo o que queria alcançar

Todos gostam de ser vitrine e mostram o que "gostariam" de ser

Ilusões são fáceis de ter quando a realidade é difícil de enxergar

Mas a verdade sempre vem à tona e não conseguimos deter

E agora com todos os objetivos “alcançados”

Mesmo que seja uma fachada linda para os que têm curiosidade

Dentro de você nunca aconteceu na verdade o esperado

Fez tudo pelos outros e se esqueceu de viver o que poderia lhe trazer a felicidade!

Castelos de areia as ondas do mar sempre destroem no final

Sonho por ilusão um dia sem querer vamos notar a grande fragilidade

Somos caçadores a vida inteira caminhando e procurando por um sinal

Há... se seguíssemos a nossa essência, encontraríamos a nossa verdade!

Dany

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...