9 de jul de 2011

REBELE-SE - Rosam Cardoso

Rebele-se ao seguro
Ao comum
Ao desjejum

Estranhe tudo
Descotidiane-se
Navegue-se
não menos que fundo

Não se culpe
pelo que não cometeu
Não se responsabilize
pelo que não é seu

Seja correto
mas questione o certo
Seja justo
a qualquer custo

Erre e desgoverne-se
Perca o facho
Deponha o se
Destrone o acho

Mergulhe na lama
como quem ama
Abandone o leme
como quem não teme

Pule a cerca
Rompa a casca
Não queira entender
Se encontra, quem é livre pra se perder

Um comentário:

  1. Uma grande satisfação poder voltar a ver seus textos e suas belas palavras, querido Amigo!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...