26 de dez de 2011

Um nada...um resto...by Dany


Eu sou a beleza externa mais completa!
Eu nada falo e nada penso, eu não preciso...
A ninguém dou um agrado
Com a minha imagem a todos eu presenteio
Não preciso aprender, oferecer e amar...
 O que eu aparento já me basta!
Aonde eu vou a minha presença
conquista e ganha qualquer um!


Eu não penso em envelhecer;
e em morrer eu nem quero pensar
  o meu fim será por completo 
 Eu sempre fui tão vazia por dentro,
eu nunca amei!
Quem se lembrará de mim?
Depois da minha morte eu nada serei
 E dentro de um caixão modesto,
só vai sobrar
a minha matéria morta...

Um nada, um resto!

Janete Sales(Dany)

Seja Simplesmente Você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...