14 de jul de 2012

Os sentimentos de uma Estátua Viva! By Dany

Atrás desta maquiagem e desta roupa eu me escondo
O meu coração bate e se estou alegre 

eu não posso ficar risonho
Se estou triste, ai da lágrima que rolar na minha face!
Se eu sentir qualquer vontade neste momento,
eu tenho que esperar que ela passe!

Atrás deste meu olhar eu tenho tanta história para contar
Mas só me observe, eu não posso falar!
E esta posição contínua faz com que a minha imaginação
vá para bem longe, procurando um lugar mais calmo
Então eu vou lá aonde a minha paz se esconde!

Pode ser inverno, outono, primavera ou verão
Eu permaneço no meu posto, eu não tenho estação
E mesmo cansado eu continuo neste meu trabalho
A minha  luta é  constante e a coragem é o meu agasalho!


Estátua não tem sentimentos, não sente dor!
Pode fazer frio ou calor
Nada pode ser pronunciado neste meu olhar
Os olhares estão sempre atentos a me observar!

Aos tilintar das moedas 
até que enfim eu posso me mexer!
Com movimentos e mímicas eu vou agradecer!
E logo a seguir eu retorno para a posição de inércia total
Ninguém pode imaginar que este meu esforço 
é descomunal!

No final de cada dia eu volto a me encontrar
Posso rir, bocejar, falar e até gritar
Enfim o espelho agora me vê de verdade
No entanto, dos olhares atentos 

eu começo a sentir saudades!

Janete Sales -Dany


Eu tirei estas fotos na rua 25 de março (SP),
na época algo me dizia
que um dia eu iria utilizá-las!


Quero dizer que eu respeito muito o trabalho
desses artistas que batalham muito,
e que sempre colocam um sorriso no meu rosto!

Meu muito obrigado á vocês artistas ,

GUERREIROS DAS RUAS!

Ass:Janete Sales-Dany

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...