3 de jul de 2012

Tudo que me invade... by Van




Se eu tentasse não sentir
Decerto me pegaria em devaneio
Todas as coisas que digo
Traduzo em sentimento primeiro

Coloco o pranto na gaveta
Estanco o jorrar de palavras
E emudeço-me
Como quem cria o momento
Para o silêncio falar
Para o recôndito da alma
Se expressar

Volto às letras como única salvação
Não sei de onde saem, mas estão lá
Prontas a dizer o que não sei
Brotam ágeis e dançantes
Sem filtro as deixo fluir

É a forma mais intensa de sentir
È a forma mais inconsciente de dizer
È a forma mais verdadeira de entender
Tudo o que me invade o ser

Van






2 comentários:

  1. Olá!
    Valeu a pena vir aqui ler mais um belo poema da Van!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee Rike,

      E é sempre maravilhoso te ter aqui no CANTO CIGANO.

      Obrigada, venha sempre e seja sempre muito bem vindo!

      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...