3 de set de 2014

ENTÃO DIREI... By Marcia Cristina B. N. Varricchio


Nesta noite de lua cheia, brisa e estrelas...

Trarei minhas fitas, farei um colorido laço.
Trarei minhas flores, enfeitarei o vaso.
Trarei o tecido; Teu vestido eu mesma faço.
Trarei meu pandeiro, transmutarei teu pedaço!

Voleio! Te trarei amor, um belo cigano no laço.
Volteio! Te ofertarei a tsara, o vinho e a taça.
Música alegre! Comemorar! Farei estardalhaço!
Xale! Irmã de estrada, a cobrirei! Darei um abraço!

Dança! Pulseiras, moedas, mãos! Magia em bailado!


Labaredas aquecem a sopa de letrinhas desta caldeira.
Bailamos, gitanas e gitanos ao redor da alta fogueira!
Sonhos e fantasias acordados...Promessas alvissareiras.
Liberdade, Sedução. Enfim, Amor de todas as maneiras.

Com uma doce canção, então encantarei.
Com uma suave poesia, então a muitos contarei.
Com uma delicada melodia, então a ti brindarei.
Com o colar do coração em festa, então te direi:

Meiga Cigana Janete, Buena Dicha!
Acróstico, será um ato: à Amizade louvar.
Sara em tua vida a abençoar e a multiplicar.
Grata. Chuva de bênçãos! OPTCHÁ!


By Marcia Cristina B. N. Varricchio
Todos os direitos reservados


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...