20 de out de 2014

DUETO DE MIL E JPCF







João Pereira Correia Furtado

João é teu primeiro nome
Onde a memória nos remonta
A João Batista, mas és Pereira Correia Furtado,
Onde o ministério do bem se faz presente

Perpetuas beleza na arte poética
Entrelaçada á originalidade e estética
Remanso das palavras sempre bem ditas
Evocando leveza, sentimento e sintonia
Instrumento das mãos divinas
Raio de sol ao leitor assíduo
Apaixonado pela escrita

Correia, de fachos de luz brilhante
Onde a genética demonstra
Rastro do caminho constante
Revelador do dom edificante
Escrever, encantar com poemas
Ilustrando as páginas dos livros
Abrilhantando no altruísmo

Fazendo da paz e do amor, o motivo
Um toque de luz e de vida
Raios de sol, brilho da lua
Tens nas mãos o destino
Aquele que Deus deu aos poetas
Dar de sua alma pura
O sentido para a escrita!


Maria Iraci Leal
POA/RS/Brasil
19/10/2014
Obra protegida
MARIA IRACI LEAL

MARIA Só uma Santa faz tamanho milagre
As lágrimas vertidas dos meus olhos alegres
Rosto totalmente molhado e sorrindo
Inspirada certamente, não duvido, és a Musa
Acróstico nasceu de ti, das tuas entranhas

IRACI vieste de onde? Será da língua índia
Reviro o meu pouco conhecimento e nada
A memória traiçoeira não me leva ao significado
Como a “MARIA” que trouxe ao mundo o Salvador
Imperioso Menino e Santo Homem que por nós…

LEAL Como poucos por verdade e Amor morreu
E levou com ele o nosso pecado e a nossa culpa
Amiga tu também és Leal e não só no nome
Lendo o Acróstico sublime acredito que obrigado é pouco!

João P.C. Furtado
Praia, 20 de Outubro de 2014

3 comentários:

  1. Ficou um belíssimo trabalho, muito grata querido poeta e amigo João Furtado, grande beijo, MIL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Querida Maria Iraci e Querido João Furtado,
      maravilhoso dueto...mil aplausos...Uma semana de paz Beijos

      Excluir
  2. Optchá! Optchá! Optchá!

    De todos os acrósticos, este foi o mais bonito,
    cheio de sentimento, lirismo e liberdade de expressão!
    Da coragem de dizer que se quer bem ao outro!
    Feliz com esta candura, do humano a valorização.
    Parabéns queridos Poetamigos Ciganos!

    Bjsss, Marina da Paz!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...