19 de out de 2014

IDÍLIO



MARINA DA PAZ


Amanhece.

Frescor. Campestre. Natureza. Tudo promete...
À frente, raios de sol nas copas das árvores.
Passarinhos cantam, trinam, felizes com o dia.
Mais uma vez, inunda. A vida se inicia...Reinicia.

Tudo silencioso. A não ser, pelo bem-te-vi teimoso.
Olho ao redor, estou banhada do Teu Hálito formoso.
Olho para o interior, vocês dois, como anjos dormem.
Dentro, Agni. Chamas do amor queimam, mas não consomem.

Gratas circunstâncias convidam-nos. A todos, o terno convívio.
Parece que ainda é sonho, mas é a realidade em seu matutino brilho.
Domingo. Em sua tranquilidade e paz, à contemplação se fez auxílio...


Idílio...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...