4 de dez de 2014

Uma oração para destruir o mal




Quem vive na verdade não teme a mentira alheia
Meu Deus fragmente toda falsidade que me rodeia
Erga uma muralha alta para que o inimigo não me veja
Arranque do meu chão qualquer empecilho, assim seja!

Quem vive a amar o próximo não teme o ódio alheio
Meu Deus suavize toda ira; a Tua mão divina é um freio!
Faça do meu sorriso o maior perdão e acalme o furioso
Derrame sobre a minha existência o Teu amor poderoso...

Quem vive olhando a própria vida nunca teme a inveja alheia
Meu Deus embace para sempre todo olho gordo que me rodeia
A cada passo que eu dou à frente a Tua presença é um resguardo
Indo com o Teu clarão a paz está comigo, e abranda o meu fardo!

Quem vive louvando a felicidade não sabe o que é a maldade
Meu Deus anule as trevas que me cercam com a tua claridade
Detenha com a Tua mão todo aquele que quer o meu pranto
Com a Tua proteção hei de me livrar de qualquer quebranto

Quem faz as atitudes certas jamais temerá qualquer difamação
Meu Deus feche a boca daqueles que nunca falam com convicção
Coloque a vergonha na língua dos que persistem na maledicência
Não há o que temer, pois reluz a Tua luz no céu da minha existência!


Janete Sales Dany
Todos os direitos reservados
Obra protegida - Poesia registrada
Licença Creative Commons
O trabalho Oração para destruir o mal de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...