18 de ago de 2011

A espera...

Link





Amado... Por que tardas tanto?
As primeiras sombras se avizinham
E as estrelas iniciam a noite.
Vem...
Pois a esperança que se acolheu em meu coração
Vai deixá-lo como um ninho abandonado nos penhascos.
Vem...Amado..
Desce a tua boca sobre a minha boca.
Para a tua alma levar a minha alma
Pesada de sofrimento!
Vem...
Para que, beijando a minha boca
Eu receba a sensação de uma janela aberta.
Amado meu...
Por que tardas tanto?
Vem...
E serás como um ramo de rosas brancas
Pousando no túmulo da minha vida...
Vem amado meu...
Por que tardas tanto?

(Adalgisa Nery)
http://www.astormentas.com/din/poema.asp?key=13540&titulo=A%20Espera

2 comentários:

  1. Cigano,

    Que poema lindo, romântico e bem colocado...um convite ao amor....

    Beijos e tenha uma linda noite

    ResponderExcluir
  2. Que lindo o amanhecer se torna quando vem laureado por suas doces e maravilhosa palavras, minha Menina...

    E, como você disse, é realmente um convite ao amor e a vida, pois amando sempre percebemos o viver de forma mais intensa.

    Obrigado pelo prazer de suas palavra, Ciça.

    Um beijo em seu coração!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...