13 de set de 2011

A prisão e o ódio...by Dany


Dois homens tinham sido encarcerados 


injustamente durante longo tempo. 


Foram maltratados e humilhados. 


Muitos anos depois de serem liberados reencontraram-se. 
 Tiveram este diálogo:


- Você, às vezes, lembra dos nossos guardas?


- Não, graças a Deus, esqueci tudo. E você?


- Eu continuo a odiá-los com todas as minhas forças.


O amigo olhou para ele uns instantes e retrucou:


- Sinto pena por você. 


Se é como você diz, isso significa 


que eles ainda têm você preso.

2 comentários:

  1. Se não formos capazes de perdoar quem nos faz mal.
    Jamais nos libertaremos de sua maldade.
    Linda mensagem.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Apenas pessoas especiais como você podem entender a profundidade de tal mensagem, Querida Ahtange.

    Nem todos conseguem pensar assim, e com o tempo este rancor pode corroer o que há de belo em nós...

    Um beijo em seu coração, Querida!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...