9 de jan de 2012

Oh terra ingrata! By Dany

Oh terra ingrata!
Se a semente dentro de ti cresce...
Porque você cobriu o meu amor e ele não floresce?
Embaixo do solo a semente germina
e cresce um broto e nasce uma flor!
Você cobriu alguém que eu amo; o meu maior valor!
Faz um milagre agora e dissemina com a minha dor!


Ah, como eu queria numa linda manhã,
 ver surgir de novo alguém que se foi para sempre!
Ninguém então morreria 
e na terra todos nós seríamos sementes!
 E em flor nós voltaríamos para alguém 
que ficou a chorar!
Terra eu lhe suplico! Faz o meu amor brotar!


Água para germinar a semente é que não vai faltar!
As minhas lágrimas 
encharcaram por inteiro este lugar!
Terra eu te prometo 
no mesmo lugar que renascer o meu amor...
Como recompensa eu irei semear a mais linda flor!

Janete Sales (Dany)


GHOST-FANTASMA-
PATRICK SWAYZE E DEMI MOORE-THE FINAL SCENE
 

2 comentários:

  1. Compungente, permeado d'uma perca magoada e que mesmo assim busca com brandura discernir os porens dos mistérios que encruzilham nosso viver.

    É indescritível tentar falar daqueles entes amados que pela morte ou pela vida foram levados de nós, mas sabes Querida Poetisa Dany?

    Na altura já da minha meia idade, com os ganhos e percas e muitas lágrimas molhando essa terra, aprendi que o facto de que existe algo mais além do que não podemos descortinar, que a vida seja nessa dimensão ou em outra é eterna e que nosso espírito só muda de lugar, assim como tudo que compõe a natureza.

    Confesso-te que já fui de certa forma egoísta, prateando a presença palpável dos seres amados, a lástima de não poder mais vê-los, tocá-los ouvir-lhes a voz, mas sabes? Aba Nosso Pai em seu infinito amor deu-nos uma vida que transcende a mera inteligência e permite com que passemos por certas dores para o nosso próprio bem, é certo que a primeira reação é gritar, uivar, protestar, implorar:

    - Não vás! Por favor, não abandone-me aqui, assim, não deixe-me só, como irei viver sem ti?

    Na cegueira da dor perdemos a visão de que quem foi precisava ir naquela altura, que o que tinha que ser feito, foi cumprido e se sentimos com tanto sofrimento, foi porque foi de imenso valor a passagem desse ser em nossas vidas.

    Esse tema é delicado, desterra lembranças que descansam no recôndito do nosso ser, uma vez em certa altura de dor e muita confusão escrevi a respeito do luto, tentei desabafar, buscar o consolo e carinho dos amigos e foi maravilhoso, pois pouco a pouco a luz foi voltando iluminar meu coração

    É difícil até replicar-te, pois a dor de cada um é única, é intransferível e só quem a carrega dentro de si sabe o quanto, mas ao menos faz bem ao menos tentar com um gesto ou algumas sinceras palavras dizer:

    - Estou aqui... E importo-me com teus sentimentos.

    "(...) Ah, como eu queria numa linda manhã,
    ver surgir de novo alguém que se foi para sempre!
    Ninguém então morreria
    e na terra todos nós seríamos sementes!
    E em flor nós voltaríamos para alguém
    que ficou a chorar!
    Terra eu lhe suplico! Faz o meu amor brotar!(...)"

    A terra é mãe portentora da sobrevivência, ela dá, mas jamais toma, apenas direciona para uma nova germinação que nos ofertará uma colheita renovada.

    Meu abraço carinhoso, transbordando de saudades de ti, mas tranqüila por saber e sentir que estais bem.

    Desejo-te um final de semana abençoado e que a inspiração seja sempre tua amiga, mas nos dar a alegria da tua arte.

    ResponderExcluir
  2. Amiga lhe digo de coração, que sempre que eu leio o que você escreve,
    sempre me vem o sorriso ou as lágrimas!
    Você consegue tocar o meu íntimo sempre, é abençoada,
    e sempre continuará sendo; este dom que você tem de transmitir pelas palavras sentimentos que nos provocam lágrimas(emoção), sorriso, amor, paz e beleza;
    é usado da forma mais plena!
    É lindo, é emocionante lêr-te, sempre!

    Não acredito que a vida termine quando já não houver mais sangue pulsando
    em nossas veias, tudo acontece para que possamos continuar a nossa viagem, viajamos eternamente!

    (- Estou aqui... E importo-me com teus sentimentos.)
    Saiba que ao dizer isto para mim...me dá um enorme conforto,
    porque o que seria de nós sem um ombro amigo?
    E que ombro maravilhoso este seu, consegue me abraçar de longe,
    diminuindo os espaços e se faz presente no meu coração!

    Obrigada pelo carinho de sempre e
    por ser esta pessoa tão Amiga!

    Um lindo fim de semana para você querida Sofia!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...