11 de jul de 2012

Eu sei... by Van




Eu sei que mesmo as coisas que fazem falta estão presentes. Sei que estás aqui comigo porque o nosso amor é uma música que coreografa a minha vida. Eu visto a casa para morar com essa sua presença, estendo a cama à tua maneira e cozinho o que gostaria que comesses comigo. Quando rio, sei que tu gostarias de me ouvir gargalhar e, assim, tu és responsável pela minha risada um tantinho mais alta do que costumava ser, um tantinho mais solta do que costumava ser, um tantinho mais colorida. Todas as músicas passaram a ser nossas de alguma forma, por alguma frase, e não há poema no mundo que não nos pertença. Meus gestos, todos, passaram a ser reféns do teu olhar e, mesmo de longe, eu sei que teus olhos estão em mim e então faço mimetismo de ombros, de tom de voz e frases queridas porque isso é poder te abraçar em aconchego. Meus passos são acompanhados pelos teus, numa sombra transparente de caminhos que se fazem os mesmos, e eu sinto nossas mãos dadas. Vês? Estás aqui bem perto e minha saudade faz companhia à tua.

Ticcia

2 comentários:

  1. Que lindo isto,

    Quando duas almas se encontram , mesmo que distante de corpos , se reconhecem em seus mais deliciosos mistérios, e isto é que faz a cada o amor renascer....

    Lindo Van..

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ciça

      Não há distancia que possa tornar menor o amor.

      Obrigada por vir e por gostar.

      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...