28 de fev de 2014

Nunca me fez mal não fazer o mal!



Nunca me fez mal sorrir
para quem me brinda com um sorriso
Às vezes sorrio para alguém
e não obtenho este sorriso de volta
Nunca me fez mal dizer obrigado
para as pessoas que me fazem o bem...
Ás vezes eu faço algo de bom para alguém
e este alguém não me oferece
ao menos um sorriso de gratidão!



Ah, nunca me fez mal não fazer o mal;
não magoar, mesmo sendo magoada...
Nunca me fez mal perceber que o amor
que eu dou ao mundo às vezes não me retorna
Pode até cair à lágrima do descontentamento,
mas prefiro amar e não ser amada,
do que nunca ter amado
e ter um frio eterno dentro de mim!


Prefiro ser esta correnteza de amor 
que se depara com vários obstáculos;
e que apesar de tudo isto,
continua fluindo eternamente!

Janete Sales Dany 
Poesia Registrada na Biblioteca Nacional
Licença Creative Commons
O trabalho Nunca me fez mal não fazer o mal! de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...