17 de nov de 2014

O CIRCO: UMA VIVÊNCIA

MARINA DA PAZ

Permita-se.
Mergulhe no lúdico.
Encontre o significado do circo e do palco da vida em partes...
Tanto assombreadas quanto iluminadas de você mesmo...

E, então, quer investigar se existe um palhaço dentro de você?
Quer descobrir o palhaço que existe dentro de você?
Gosta de jogar água nos outros? Gosta de se exibir e gozar os louros?
Gosta de rir? Gargalhar sem economizar nem um pouco?

Gosta de sacudir palavras ao léu com a sua gola?
Será você parte da serragem que faz o circo? Ou da lona?
Será você o colorido da flâmula ao vento? Ou da escura cartola?

Será você a doce bailarina? Ou a atrevida figura trapezista?
Será o misterioso mágico ilusionista? Ou será o contorcionista?
Ou será ainda o domador, com chicote na língua, sem dó nem rima?
Desfazendo da alegria da vida, fazendo-a um amargor, uma triste sina?

Disciplina e rigor. Exercício e ardor.
Porém em um ponto de luz...Todos concordam:
Saltimbancos e circenses...O Circo é e será Amor.

Portanto, salve-se. Resgate a sua alma-menina.
Ria e encha de lama o brilho lamê do saiote de bailarina.
Sem vaidade, muito menos orgulho.
Ao profundo da alma, eis o grande mergulho.

Menino palhaço. Palhaço-menino.
Em meio a toda bagunça e farra, um grande carinho.
Venha! Deixe-se permear pela corneta e pelo barulho.
Sorria para vida! Atue. O papel de seda deste seu embrulho.
Seja brisa, seja mar, seja doçura; Ora concha, ora marulho.

Ao final do espetáculo, o cerrar dos véus e cortinas.
Encerre todo o libertário aprendizado,
No corolário, em silêncio, viva esta prece.
Sem pressa, abra-se sem pudor e mostre-se...
Seja. Beleza... Enseja. Leveza. Viceja:

Círculo. Circo.

Puro Coração: Pérola!
  


Obra Protegida pelo EDA/BN/MEC.


Um comentário:

  1. MARINA DA PAZ

    Bom dia! Gostei de ler amigapoetisa!

    Um abraço do

    João, o Cigano Negro|

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...