1 de jun de 2012

Como multiplicar a inteligência matemática do seu bebê - Julia Manglano



Julia ManglanoJulia Manglano é Diretora da Escola AeD (www.escolaaed.com.br), Pós-graduada em estimulação infantil pela Escola Européia de Educação, Máster em orientação familiar pelo IEEE, Instituto Europeu de Estudos da Educação, Máster in Business Administration pelo IESE, Universidade de Navarra.



Quando falamos em ensinar matemática para os bebês pode parecer precoce e estranho.

Talvez porque pensamos na matemática que aprendemos em sala de aula.

Matemática é um conceito muito mais amplo do que apenas realizar contas e operações; é uma linguagem que usamos de forma natural no dia a dia, é a capacidade de pensamento lógico e de resolução de problemas diversos: quando um bebê está engatinhando e encontra um obstáculo ele deve resolver um problema e descobrir um caminho alternativo pelo qual consiga passar. Outro exemplo é a criança que quer ajudar a fazer um bolo e precisa medir as quantidades.

As atividades da vida estão cheias de oportunidades para se usar a matemática e os pais podem “falar matemática” com seus bebês do mesmo jeito que falam com eles em português desde que nasceram.

Os filhos, se estimulados, vão percebendo como é importante usar a matemática no seu dia a dia.

Não convém mostrar números para seu bebê, mas quantidades para que estabeleça conceitos reais. Números são abstrações, enquanto que as quantidades mostram a realidade.

Dicas para multiplicar a inteligência matemática no dia-a-dia:

· Contar muito para a criança desde bebê: degraus ao subir uma escada, quantidade de livros do bebê, etc.

· Falar de conceitos matemáticos: você vai comer esta cenoura comprida, esta maçã verde, coloquei duas colheres de arroz no seu prato, no outro coloquei menos, apenas uma.

· Medir e marcar numa parede a altura da criança: “Você mede 90 cm, cresceu 1 cm neste mês!”.

· Medir ou estimar a altura das coisas.

· Medir cômodos da casa: “Qual o comprimento do seu quarto? Três metros. É quase 3 vezes a sua altura!

· Pesar o bebê e dizer-lhe o peso.

· Mostrar-lhe o peso dos alimentos no supermercado.

· Estimar o peso das coisas em casa e fora dela: “O que pesa mais, um carro ou um avião?

· Falar de temperaturas: “Hoje está frio, está fazendo 10 graus”. “O forno está muito quente! 250 graus”.

· Brincar de resolver problemas: “Acabou a água em casa, o que podemos fazer?”

Como acontece com as outras habilidades, os pais podem alavancar a inteligência matemática dos bebês de forma natural e lúdica. É apenas dar a eles oportunidades e estímulos adequados aproveitando a primeira idade, na qual o desenvolvimento do cérebro é muito grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o CANTO CIGANO.
Diga-nos o que achou desse post.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...